Sinfargo, CRF-GO e lideranças farmacêuticas se unem em defesa da profissão

Você sabia que a profissão farmacêutica está em risco?

O Fórum Goiano de Luta pela Valorização da Profissão Farmacêutica foi lançado em solenidade na manhã deste dia 5 de maio de 2014, na sede do CRF-GO, com uma primeira convocação aos farmacêuticos do Estado: participar da caravana a Brasília no dia 14/5, próxima quarta, para acompanhar a votação  no Congresso Nacional do texto da subemenda aglutinativa global de plenário ao PL 4385/94, elaborada pelo Fórum Nacional de Luta Pela Valorização  da Profissão Farmacêutica.

Forum de valorização

A subemenda propõe transformar a farmácia em ESTABELECIMENTO DE SAÚDE e garante que onde houver medicamento, só haverá dispensação com a PRESENÇA DO FARMACÊUTICO.

“A semente está lançada! Com a união da categoria, apoio das lideranças e a participação de todos a jornada ganha mais força! Avante rumo à Brasília no próximo dia 14/5. Estamos próximo à Capital Federal  e temos a obrigação moral de levar muita gente à Câmara para defender a profissão farmacêutica”,  convocou a presidente do Sinfargo Lorena Baía.

A presidente do CRF Ernestina Rocha reforçou que este é um importante momento de união pela valorização da profissão farmacêutica.

O Fórum também está convocando os farmacêuticos a participar de uma  campanha junto aos parlamentares da Câmara Federal , através do envio de e-mails para a aprovação da subemenda . É essencial que os parlamentares, como representantes do povo, saibam da importância da Farmácia.

Entenda o que ameaça a Profissão Farmacêutica

Pode ser aprovado no Congresso Nacional o Projeto de Lei PL 4.385/94, de autoria da ex-senadora Marluce Pinto, que tramita há anos no Legislativo,  e DESOBRIGA drogarias de terem farmacêuticos como responsáveis técnicos, o que é uma ameaça ao exercício da profissão farmacêutica.

Por isso, Conselhos de Farmácia e Sindicatos de Farmacêuticos de todo o país estão se unindo  para fazer aprovar o texto da subemenda aglutinativa global de plenário, elaborada pelo Fórum Nacional de Luta Pela Valorização Profissional.

“Caso a proposta do Fórum não seja votada, os prejuízos para a categoria serão irreparáveis, os farmacêuticos correm o risco de perder 80% das vagas de trabalho nas farmácias e drogarias”, observou o coordenador do Fórum Goiano Fábio Basílio, que também é diretor do Sinfargo e da Fenafar.

“Nós já perdemos espaço  nos laboratórios de  análises clínicas quando o biomédico entrou no mercado há alguns anos e agora corremos o risco de  perder mais espaço para os técnicos em farmácia”, alertou Fábio.

O Fórum Goiano de Luta pela Valorização da Profissão Farmacêutica surge como um marco  das ações que já vem sendo desenvolvidas em conjunto pelo CRF-GO e o Sindicato dos Farmacêuticos no Estado de Goiás desde o início desta nova gestão do Conselho.  “Já não cabem mais personalismos ou disputas políticas onde um quer aparecer mais que outro, a premissa básica desse Fórum é a união,” enfatizou a presidente do Sinfargo Lorena Baía. Contamos com a soma dos esforços de cada um dos profissionais e  dos futuros profissionais farmacêuticos porque estamos enfrentando forças antagônicas poderosas como a indústria farmacêutica e o comércio varejista”.

O secretário do CRF-GO Leandro Zenon explicou que as ações do Fórum vão aumentar a estima dos farmacêuticos e o tesoureiro Evandro Tokarsi fez um alerta. “Se a proposta do Fórum não for aprovada vai haver  um enorme prejuízo para a classe farmacêutica e será provocado um caos na saúde brasileira. “Imaginem o que será 100 mil farmácias sem farmacêuticos”.

Participaram do evento de lançamento diretores do CRF-GO ( Ernestina Rocha, Lorena Baía,Leandro Zenon e Evandro Tokarsi); diretores do Sinfargo  ( Lorena Baía, Mirtez Bezerra, Raphael Calixto e Fabio Basílio);  conselheira da CRF-GO, Stella Laila de Oliveira; o coordenador da Fiscalização do CRF-GO Guilherme Reis;   os fiscais do CRF-GO Pedro Inácio Carlos Neto; Lucas Cunha Ribeiro;  Edmar Godoy Viggiano Pereira; Rejany Machado; Fátima de Lurdes C Araújo e   Luciano Edy. Também marcaram presença: a diretora da Faculdade de Farmácia da UFG, professora Eula Maria de Melo; a coordenadora do Curso de Farmácia da UFG,professora Maria Teresa Freitas Bara; o Coordenador do Curso de Farmácia das Faculdades Objetivo, professor Roldão Oliveira de Carvalho Filho; o coordenador do Curso de Farmácia da FASEM- Faculdade Serra da Mesa, professor Antônio Henrique de Sousa Pinto; a coordenadora do Curso de Farmácia da Faculdade Montes Belo,  professora Cristiane Karla Caetano Fernandes;  a coordenadora do Curso de Farmácia da UNIFAN, professora Algelma Genaro; o diretor do ICTQ Poatã Casonato; a farmacêutica da Secretaria Municipal de Saúde de Goiânia Sylvia Escher Nielson; a assessora Tecnica do  Conselho, Raquel Resende, entre outros.

Todos se comprometeram a ajudar na mobilização.

 

________________________________________

10295724_615655158530752_3789361319126888559_n

 

Fórum Goiano de Luta pela Valorização da Profissão Farmacêutica  já está em ação – Nesta segunda, 5, no período da tarde já teve reunião muito produtiva com o Deputado Federal Jovair Arantes, líder do PTB, na câmara dos deputados e Deputado Estadual Henrique Arantes. Apoio integral à subemenda aglutinativa ao PL 4385/94 -Farmácia como estabelecimento de saúde, com assistência farmacêutica integral.

 

 

_______________________________________________

Vamos a Brasília garantir a presença do Farmacêutico na farmácia!

A caravana vai sair da Praça Universitária

Dia 14/05 (quarta-feira)

Horário: 6 horas (retornando no final da tarde)

Os interessados deverão repassar o nome e RG para: Silvana / Sheila

no  Sinfargo: 3225-1270
ou pelo e-mail: sinfargo@sinfargo.org.br

______________________________________

Vamos também enviar e-mails para os deputados goianos que nos representam solicitando voto favorável à nossa proposta! Veja como Aqui

______________________________________

RECADO AOS ACADÊMICOS DE FARMÁCIA

MOBILIZACAO  com logos- 14

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.